Blog Post

Lean Construction: O que é, Benefícios e a Relação com as normas ISO.

Lean Construction

Quando falamos nas indústrias, seja qual for o nicho, há um ponto em comum de preocupação entre todas elas: o desperdício; seja ele de tempo ou de investimento. Na construção civil não é diferente, e por este motivo, uma solução possível para essas questões é a adoção da Lean Construction, que adota o pensamento enxuto para tratar dessas fragilidades dos processos industriais.

O termo  Lean Construction, significa literalmente construção enxuta, e este modelo de trabalho foi desenvolvido a partir de ferramentas de produção como o Just in Time e o Total Quality Management (TQM), que procuram determinar a hora certa de se realizar cada passo do processo, ou seja, comprar, transportar e produzir no momento exato. Essa estratégia faz com que se gerencie as compras em função do uso, minimizando as perdas por armazenamento incorreto por falta de espaço, perdas por vencimento de produtos, desvios de materiais causados por descontrole de entrada e saída de insumos do almoxarifado, entre outros desafios recorrentes.

O Lean Construction se estrutura desde a concepção do projeto até a entrega final do empreendimento ao cliente e tem como objetivo a redução de desperdícios, otimizando a produtividade, reduzindo custos, planejando melhor o cronograma e proporcionando a melhoria contínua.

Lean Construction e a ISO 9001

Uma vez que a ferramenta leva em conta toda a linha de produção, nesse caso específico os processos da construção civil, a partir do momento em que se implementa a construção enxuta, automaticamente se analisa todos os processos e procedimentos da organização, o que, consequentemente, prepara a empresa para a ISO 9001, que trata justamente da qualidade. Essa revisão se faz em função do objetivo de otimizar as tarefas desenvolvidas, desenhar o ciclo das atividades, eliminar etapas desnecessárias, evitar desperdício de tempo e gerenciar o fluxo (entrada e saída) de materiais.

projeto lean construction

No processo da construção civil é necessário se projetar de modo inteligente e enxuto, começando pela definição em projeto das estruturas e dos materiais a serem utilizados. Quando se opta por estruturas pré moldadas por exemplo, se tem uma redução considerável de resíduos e desperdícios posteriormente nas obras, facilitando inclusive a programação do cronograma de desenvolvimento do empreendimento, uma vez que é mais rápido o processo de produção e montagem desse tipo de estrutura. Além disso, reduz-se o volume de materiais a serem armazenados no almoxarifado do canteiro de obras, diminuindo outras problemáticas, como perdas, desperdícios e desvios.

Compras e o Cronograma da Obra

Outro ponto do processo a ser analisado no Lean Construction é a logística de compra de insumos, que opera em função do cronograma da obra. Nesta etapa, é necessário que se avalie os fornecedores (avaliação interna contínua dos fornecedores) em função dos prazos de atendimento e dos preços ofertados e negociados, pois o foco é otimizar o tempo aliado, claro, ao orçamento destinado ao empreendimento.

Além dos processos de elaboração de projetos, desenvolvimento de cronograma físico financeiro e compras de insumos, também são relevantes o controle e organização de almoxarifado e monitoramento de contratação e desempenho de pessoal. Para ambos, é necessário que se definam procedimentos, alinhados aos objetivos da organização.

É claro que é necessário se analisar o contexto, a dimensão da obra, e buscar por soluções compatíveis e adequadas à cada situação, porém é certa a otimização da produtividade e a redução da problemática de desperdícios.

Quando o passo de análise dos procedimentos é desenvolvido, automaticamente os seus controles também são definidos, desenhando de modo orgânico as ferramentas de gestão, controle e monitoramento da empresa, alinhadas à cultura, políticas e diretrizes internas, leis e regulamentos da atividade e aos objetivos da organização, levando ao atendimento das orientações da ISO 19600, que trata do Compliance. Compreendendo que Compliance significa estar em conformidade, a partir do momento em que são criadas estratégias e ferramentas de gerenciamento para assegurar o atendimento às instruções normativas (inclusive as internas da organização), atende-se o mesmo.

ISO 37001 e a Gestão Antissuborno

Com relação à ISO 37001, que trata da gestão antissuborno, para o desenvolvimento deste sistema se faz a análise de toda a cadeia produtiva, assim como na Lean Construction, pois deste modo é possível compreender os pontos frágeis, ou seja os riscos, e desenvolver medidas de mitigação e contingência para evitar as problemáticas detectadas. No caso da ISO 37001 o foco é maior no que diz respeito à condutas conflituosas com os valores de ética e moral da organização e da sociedade em que convivemos, no entanto, uma vez que tanto a ferramenta Lean e a Norma ISO exigem uma análise aprofundada dos processos, ao incorporar uma delas, já se tem resultados significativos para a outra, o que estimula, e muito, a adoção de ambas.

Lean Construction e o COVID-19

Em tempos de pandemia, o Lean Construction e as normativas ISO vêm para ajudar a nos mantermos firmes mesmo diante de um cenário de caos, pois torna-se essencial gerenciar os custos, uma vez que a economia está fragilizada e caminhamos sob uma realidade de incertezas; otimizar a produtividade para que, se necessário, seja possível trabalhar com equipes reduzidas mantendo ao máximo a qualidade e a agilidade nas entregas; rastrear os riscos, para que seja possível minimizar os impactos negativos da situação causada pela pandemia e pelos riscos inerentes da atividade; e determinar ferramentas de controle e monitoramento para assegurar o cumprimento dos procedimentos e das normativas adequadas.

***

FAQ – Lean Construction

O que é Lean Construction na Construção Civil?

É o método enxuto de construir, que visa a otimização da produtividade, redução dos custos e desperdícios.

Como aplicar Lean Construction?

Há pelo menos quatro princípios para se aplicar o Lean Construction:

1 – Otimizar processos para gerar alta produtividade, reduzindo desperdício de tempo: uma vez que o intuito é reduzir custos e atender aos prazos, é necessário realizar uma análise aprofundada do fluxo dos processos adotados e sua respectiva eficiência, extinguindo aqueles que causam morosidade e interferem negativamente na produtividade. A análise deve, no entanto, ser cautelosa, pois existem processos que são aparentemente desnecessários, porém que podem gerar evidências importantíssimas a longo prazo, bem como relatório fotográfico do desenvolvimento da obra. Por este motivo, é que além dos processos, analisar o organograma de funções é também importante, pois tudo aquilo que for bem definido antecipadamente, gera ganho de tempo ao longo da execução.

2 – Buscar por métodos e tecnologias inteligentes para diminuir desperdícios de materiais e consequentemente de prejuízos financeiros: adotar tecnologias avanças e métodos construtivos inteligentes e com baixo índice de desperdícios, como o sistema pré moldado por exemplo.

3 – Organizar equipes e processos: definir quais as funções e objetivos de cada e equipe e determinar metas.

4 – Planejar com detalhe e clareza: compreender que o período de elaboração de projetos e respectivos memoriais é de extrema importância, pois sistemas construtivos e materiais bem definidos, compatibilização de projetos, organograma de funções, procedimentos para processos, entre outros, geram ganho de tempo e reduzem desperdícios. Materiais adquiridos em quantidade ou especificidade incorretas geram prejuízos financeiros e de tempo, prolongando consequentemente o tempo de profissionais na obra (mestres de obra, engenheiros, almoxarifes, pedreiros, etc.), afetando o custo administrativo da obra. 

O que é a Construção Enxuta?

Construção enxuta é executar obras com baixos desperdícios e alta produtividade. Para isso é importante compreender que os projetos e memoriais devem estar completos e claros, evitando revisões e desentendimentos futuros.

***

Se você gostou do tema abordado neste post e deseja saber mais a respeito, deixe um comentário no espaço abaixo e ative as notificações para receber as atualizações do nosso blog!

Abraços e até a próxima!

mm

Sobre Ana Carolina Colnaghi

Natural de São Leopoldo, Graduada em Arquiteta e Urbanista, pela Unisinos, Pós Graduada em Construções Sustentáveis, especializada em Compliance e Auditora Líder ISO 19600 e 37001, reconhecida pela RAC/ABENDI. Atuante diretamente na construção civil, Em Brasília/DF e Novo Hamburgo/RS, desenvolvendo e analisando processos e procedimentos, visando a melhoria contínua. Email: carolinacolna@gmail.com

Deixe seu comentário