Blog Post

Medidas para Prevenção e Contenção da Disseminação da COVID-19 em canteiros de obras

prevenção coronavirus

Em meio à crise e desespero de nossa população diante da contaminação do Novo Corona vírus, trazemos aqui algumas instruções aplicadas ao ambiente de trabalho para Prevenção e Contenção da Disseminação da COVID-19 específico dos canteiros de obras, mas que podem ser estendidas, com bom senso, também a outros locais de trabalho.

O intuito deste informativo, é demonstrar medidas práticas que podem ser adotadas com o intuito de colaborar para a criação de novos hábitos, visando a prevenção e preservação da saúde de todos, demonstrando compromisso e responsabilidade social.

A preocupação de toda a sociedade tem sido pela minimização dos impactos decorrentes da pandemia da COVID-19, especialmente para que haja a manutenção dos empregos e seja possível a continuidade da economia, ainda que de forma restritiva.

Por esta razão, muitos ramos de atividades permanecem com suas atividades, ainda que de forma reduzida, objetivando contribuir para que o impacto econômico decorrente desta situação atípica seja menos traumático para a economia de forma geral.

Por consequência, em localidades e setores em que ainda se é possível, ou mesmo necessário, a continuidade do trabalho, bem como após o período emergencial de quarentena do vírus, entendemos ser importante incorporar à rotina das empresas e, especialmente, dos canteiros de obras alguns cuidados e higienização das mãos, equipamentos de segurança, ferramentas e instrumentos de trabalho.

Para que seja possível manter um canteiro de obras com menor risco de contaminação é indispensável que, mesmo antes de se bater o cartão de ponto, quando houver este procedimento, os colaboradores façam a higienização das mãos com água, sabão (ou afins como detergente) e complementem a limpeza com álcool 70% (em gel ou líquido).

Por este motivo, torna-se necessária a instalação de sabonete líquido em dispenser, papel toalha em dispenser e pias logo no acesso aos canteiros, que devem, por sua vez, ser previamente e posteriormente higienizadas.

Os colaboradores devem ser orientados que o fechamento das torneiras deve ser feito com o papel toalha, para evitar a contaminação das mãos higienizadas.

Medidas para Prevenção da COVID-19

Sugerimos que sejam demonstrado a todos os colaboradores o modo correto de se lavar e secar as mãos.

Opte por dispenser para evitar o contato com os produtos de higienização.

Para que tal procedimento de higienização seja incorporado à rotina, orienta-se destinar um funcionário logo na entrada, ou pelo menos, que se faça uso de comunicação visual (placas, cartazes e similares) que instruam, lembrem e sensibilizem todos quanto a esta prática indispensável.

O procedimento deve se estender a todos que forem acessar a obra, isto é, visitantes, estudantes, fiscalização, clientes e afins.

Ao longo de todo o canteiro, recomenda-se que sejam fixadas placas ou outras formas de comunicação visual, que lembrem a todos da importância de:

  •  higienizar as mãos, pelo menos, de duas em duas horas;
  •  evitar o contato entre colegas de trabalho (como aperto de mão e abraço);
  •  proteger a boca e o nariz em caso de tosse e/ou espirros.

Outro local que merece extrema atenção são os almoxarifados, posto que nestes há armazenamento de ferramentas e equipamentos de trabalho, bem como furadeiras, trenas, marteletes e afins.

Como norma de prevenção, todos os equipamentos e ferramentas de trabalho deverão sempre ser higienizados, após e antes o uso. Para tanto, lembramos que a limpeza de tais instrumentos pode ser feita com álcool 70% líquido, sem a utilização de panos, mas sim de papel toalha. Para assegurar tal procedimento, recomenda-se treinar um profissional, preferencialmente o almoxarife e/ou seu ajudante, para que desempenhe o serviço.

Refeitórios

Refeitórios necessitam um cuidado especial de limpeza, devendo ser mantido um afastamento mínimo entre os funcionários, sendo sugerida divisão em grupos para os momentos de refeição, bem como café da manhã, almoço e lanches.

Ressaltamos que também é necessária a higienização do refeitório entre um grupo e outro, preferencialmente com água sanitária e álcool 70%.

Para facilitar a compreensão e a incorporação dos novos hábitos à rotina dos colaboradores, sugere-se instruir e deixar ilustrado no local quanto à obrigatoriedade de higienização das mãos antes das refeições, retirada de capacetes, óculos e luvas antes de entrar no refeitório e quanto à proibição de compartilhamento de talheres, copos, canudos e guardanapos.

Sempre ressaltamos que, em um primeiro momento, até que a cultura esteja fortalecida, pode ser necessário destinar um colaborador para instruir e monitorar o atendimento às instruções e que a comunicação visual deve ser mantida sempre, como forma de reforço e lembrete dos novos hábitos.

Banheiros e vestiários

Medidas para Prevenção da COVID-19

Nos banheiros e vestiários a higienização das mãos deve ser lembrada também, e, sempre que possível, ilustrar através de comunicação visual a forma correta de se higienizar as mãos.

Instruir quanto ao fechamento de torneiras com papel toalha, para evitar a contaminação das mãos que acabaram de ser higienizadas.

Cada detalhe é importante, e nada é óbvio quando se trata de novos hábitos. Todo o indivíduo leva um tempo para se adaptar e tornar os novos costumes algo natural de sua rotina.

Estes locais, assim como todo o restante da obra, devem ser higienizados continuamente, com panos específicos para cada local, para evitar a contaminação.

Sempre que possível, evitar o uso de panos e dar preferência ao uso de papel toalha.

Na saída dos canteiros de obras igualmente é necessário cuidado. Então higienizar as mãos com água, sabão e álcool 70% antes de bater o cartão de ponto, quando houver este procedimento, também é necessário.

Assim, recomendamos que todos os funcionários sejam instruídos quanto aos cuidados necessários também no retorno aos seus lares, como exemplo:

  • Cuidado nos transportes públicos;
  • Proteger a boca e o nariz ao espirrar e tossir;
  • Evitar levar as mãos ao rosto durante o trajeto e higienizar as mãos corretamente assim que chegar em casa, antes mesmo de cumprimentar seus familiares;
  • Tirar os sapatos na entrada de casa.
Medidas para Prevenção da COVID-19

Além disso, solicitar que estes conhecimentos sejam levados aos parentes e amigos dos colaboradores e praticados também em suas atividades domésticas e cotidianas também é um compromisso das empresas.

Os investimentos necessários para que as empresas se adaptem à nova rotina de cuidados são:

  • Álcool 70%;
  • Papel Toalha;
  • Sabonete;
  • Dispenser para papel toalha;
  • Dispenser para sabonete;
  • Buchas e panos diferenciados para cada ambiente (podem ser adquiridas em diferentes cores para facilitar a diferenciação);
  • Comunicação visual;
  • Treinamento de colaboradores.

Gerenciem suas empresas para crises, tenham uma equipe para planejamentos emergenciais, a economia depende de todos. Esta referida equipe pode ser composta por colaboradores já contratados, sendo necessária apenas a consulta com gestores especializados para a devida orientação e apoio e para este trabalho, toda equipe da Studio Estratégia está disponível.

Caso queira saber mais sobre o gerenciamento de crises no ambiente organizacional, faça o download do nosso guia rápido, neste link.

É tempo de se unir e compartilhar conhecimentos e experiência, para colaborar com a saúde e com a sustentabilidade das empresas, assegurando o trabalho de todos.

Cuide de você, dos seus familiares, amigos e colegas de trabalho. Em breve viveremos novos tempos de maior empatia e conscientização do impacto de nossas ações.

A equipe Studio Estratégia deseja que todos possamos atravessar esta crise mundial de saúde com dignidade, respeito e que tenhamos a consciência de levar o aprendizado para a vida toda.

Autoras:

Mariana Zardo e Ana Carolina Colnaghi

Deixe seu comentário